Logotipo MD Skin

Acne

Acne

Acne – Conheça tipos e os melhores tratamentos para Acne

A acne pode ser considerada uma das maiores vilãs da pele e por isso atinge a maioria das pessoas em algum momento da vida. Assim, a acne é uma das queixas mais frequentes no consultório dermatológico. Dessa forma, não é segredo que a acne gera transtornos estéticos, contudo, a falta de tratamento da acne pode gerar muito mais que isso: falta de confiança, alteração de humor, depressão e até mesmo reclusão social. 

Foi pensando nisso que preparamos um artigo para o nosso blog falando especificamente dos Mitos e Verdades sobre a Acne. Para saber mais clique aqui.

 

Definição – o que é acne?

De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a acne é uma doença inflamatória que gera espinhas (pústulas) e cravos (comedos), sendo mais comum a ocorrência no rosto e tronco (colo e dorso). Por ser muito comum, a acne pode atingir as pessoas em diversos momentos da vida como por exemplo: acne infantil, que aparece em crianças e apesar de muito raro é possível. Outro exemplo, e provavelmente o mais comum, é a acne na adolescência. E por último a acne em adultos, que, ao contrário do que muitos pensam, também é bastante comum. Nas mulheres a partir dos 25 anos chamamos de “acne da mulher adulta”. Esta possui a fisiopatologia um pouco diferente do que no adolescente, e chega a afetar até um terço das mulheres nesta fase. 

 

Tratamentos para acne

Agora que sabemos o que é a acne, vamos primeiramente falar sobre o tratamento da mesma. Acima de tudo é importante frisar que o tratamento deve ser feito com acompanhamento do dermatologista e a escolha dependerá do grau de severidade da acne. Como opções de tratamento podemos enumerar: 

  • Cuidados de rotina (sabonetes, tônicos, hidratantes, etc);
  • Medicações tópicas (aquelas de aplicação na pele em casa, como os ácidos);
  • Peelings químicos;
  • Limpeza de pele;
  • Máscara de LED;
  • Antibióticos orais;
  • Medicações antiandrogênicas orais (usadas mais na acne da mulher adulta especificamente);
  • Isotretinoina (Roacutan é o nome da marca do medicamento de referência).

Dentro os tratamentos acima, a definição da melhor opção será feita pela dermatologista após uma análise detalhada do quadro.

 

Tipos de acne

Conforme falamos anteriormente, uma vez que a acne pode afetar pessoas de diferentes idades, ela também pode se manifestar de formas diferentes. Para detalhar isso, descrevemos abaixo os tipos de acne e as opções de tratamento mais indicadas para cada.

 

Acne comedoniana

Nesse tipo de acne, manifesta-se na pele apenas com cravos. Assim, para o tratamento pode-se optar por:  

  • Tratamentos tópicos com cuidados de rotina e ácidos em casa prescritos pelo dermatologista;
  • Peelings químicos;
  • Limpeza de pele;
  • Raros casos também usamos isotretinoina, mas não é a primeira indicação.

 

Acne inflamatória

Já nesse segundo tipo de acne, além de cravos há lesões pustulosas inflamadas, comummente conhecidas como espinhas. Assim, para o tratamento pode-se optar por:

  • Tratamentos tópicos com cuidados de rotina e ácidos em casa prescritos pelo dermatologista;
  • Antibióticos orais;
  • Medicações antiandrogênicas orais (usadas mais na acne da mulher adulta especificamente);
  • Peelings químicos;
  • Limpeza de pele;
  • Máscara de LED;
  • Isotretinoina (Roacutan é o nome da marca do medicamento de referência).

 

O que esperar do tratamento

Primeiramente é importante ressaltar que o tratamento da acne é uma junção de vários fatores. Além disso o tratamento é gradual. Por isso a importância de ser feito com o acompanhamento de um dermatologista.

Desa forma, tenha em mente que o objetivo principal do tratamento é a redução gradual do número de lesões e evitar a formação de cicatrizes e manchas. Caso as cicatrizes de acne já existam, temos outros tratamentos que podem auxiliar na melhora. Para saber mais, clique aqui para ler o nosso artigo sobre Cicatrizes de Acne.

 

Benefícios de tratar da acne

Como qualquer outro tratamento médico o maior benefício é sempre o cuidado a sua saúde. Quando falamos de um tratamento dermatológico, é importante lembrar que estaremos cuidando do maior órgão do ser humano, a pele. 

Com isso em mente, podemos destacar que, ao cuidar da acne, podemos perceber dois principais benefícios:

  • Primeiramente: Impedir formação de manchas e cicatrizes. Essas são a parte mais difícil do tratamento, mais desafiador que tratar a própria acne em si. Mas, com o tratamento certo e acompanhado por uma dermatologista isso poderá ser alcançado, sanando a acne e garantindo a saúde e a melhor aparência da pele.
  • Em segundo lugar: Impedir o mal estar social gerado pelas lesões. Segundo estudos, pessoas com acne acabam sofrendo preconceito. Apesar de ser um conceito errado, espinhas e cravos são comummente associadas a falta de higiene e mau cuidado próprio. Assim, uma vez tratadas, evita situações de preconceitos e colabora para a melhora do status social.

 

Como funciona o tratamento da acne

Uma vez que o tratamento é gradual, há alguns passos para o início do mesmo. Para começar deve ser agendada uma consulta de avaliação. Nesta, sua pele será inspecionada e diagnosticada com relação à severidade e extensão da acne. Após esta, será definido o tratamento mais indicado para o seu caso.

Uma vez que os tratamentos mais comuns são os tópicos (aplicados em pele) e medicações orais, se algum desses for necessário serão prescritos na própria consulta. Caso seja necessário tratamentos adicionais (peelings, limpeza de pele, etc) os procedimentos são feitos no próprio consultório. Veja abaixo mais detalhes dos tratamentos adicionais:

 

Peeling químico

Consiste na aplicação de ácidos mais potentes do que os de uso domiciliar, feitas diretamente pela médica dermatologista. Há diversos tipos de ácido como por exemplo: ácido retinoico, ácido salicilico, ácido glicólico, peeling de Jessner (que é uma combinação de 3 ácidos diferentes num só produto), entre outros. Para a escolha correta, a médica irá avaliar o tipo de pele e o estado da acne, se há apenas comedos (cravos) ou lesões inflamatórias (espinhas). 

Nos dias logo após a aplicação do peeling é normal a descamação e vermelhidão de toda a pele. Esse será a reação natural da pele ao procedimento. Tal reação deve durar por aproximadamente 07 dias. Logo após isso, a pele voltará a sua consistência e coloração normal. 

Área de aplicação: qualquer local do corpo

Duração: 30min por sessão

 

Limpeza de pele

A limpeza de pele é um procedimento estético e não médico. Nela são feitas extração de comedos (cravos) e milios (bolinhas de sebo), e também a renovação da superfície da pele. Neste processo, normalmente, não são abordadas as lesões inflamadas (espinhas).

Além de auxiliar no tratamento da acne, a limpeza de pele também ajudará a:

  • Prevenir o surgimento de novos cravos e espinhas; 
  • Retira as células mortas do rosto;
  • Faz um detox na pele;
  • Controla a oleosidade em excesso do rosto;
  • Uniformiza e suaviza a pele;
  • Previne linhas de expressão e rugas.

Área de aplicação: rosto, colo e dorso geralmente em sessões separadas

Duração: 01h30min por sessão

 

Máscara de LED 

Como o nome diz, no tratamento com Máscara de LED é colocado no rosto uma máscara com lâmpadas de LED no seu interior. A aplicação é feita no próprio consultório e é necessário apenas alguns minutos no rosto do paciente. É utilizado geralmente duas luzes: a vermelha e a azul. Cada uma possui um efeito diferente:

  • Luz vermelha: possui efeito bioestimulante, regenderados e anti inflamatório;
  • Luz azul: possui ação bactericida, oxigenante e cicatrizante. Esta é a mais indicada na acne inflamatória e após a realização da limpeza de pele.

Área de aplicação: rosto

Duração: 20min por sessão

 

Cuidados pós tratamento

Para garantir o sucesso do tratamento são necessários alguns cuidados como: evitar exposição solar, utilizar cicatrizantes e hidratantes adequados para o pós-procedimento. Todos serão prescritos pela dermatologista e devem ser seguidos à risca, uma vez que muitos produtos cicatrizantes podem agravar o quadro de acne. 

 

DÚVIDAS FREQUENTES

Caso seja necessário repetir o tratamento, ele pode acabar perdendo o efeito?

Não, uma vez que o tratamento é gradual, pode sim haver a necessidade de repetir algum dos tratamentos, mas a repetição não irá afetar no efeito do mesmo. Inclusive, mesmo após sanar a acne é possível repetir algum tratamento se for necessário para tratar outro problema ou simplesmente pelos benefícios.

 

Quanto tempo dura o tratamento da acne?

Depende.  Uma vez que cada paciente terá um tratamento personalizado conforme o estágio da acne e o tipo de pele, o tempo para conclusão do tratamento também dependerá do paciente e da resposta da pele no controle das lesões.

 

Qualquer um pode fazer o tratamento da acne? Há alguma contraindicação?

Há 02 contraindicações. Os procedimentos são contraindicados em pacientes com infecção ativa de herpes ou infecção bacteriana na pele no momento do procedimento. Para avaliar isso é de extrema importância a primeira consulta de avaliação.

 

Quando feita a limpeza de pele quanto tempo para o resultado aparecer?

Imediatamente. Os resultados desse procedimento estético são vistos imediatamente após a aplicação do mesmo. Assim, logo após a sessão, você conseguirá ver a redução de cravos e sua pela mais uniforme.

 

Corro o risco de perder a sensibilidade na região onde o tratamento é aplicado?

Não. Os tratamento visam apenas a melhoria da pele e não afetarão em nada a sensibilidade da pela a longo prazo. 

 

Vai doer?

Depende. Alguns peelings químicos podem arder no momento da aplicação. E a limpeza de pele pode ser mais “sentida” dependendo da sensibilidade de cada pessoa na hora da extração dos cravos. 

 

Como começo o tratamento?

Entre em contato. Fale conosco agora mesmo, vamos agendar sua primeira consulta para avaliar o seu caso e tratar a acne.

Todos os direitos reservados a MD Skin. Desenvolvido por Agência Salt

Logotipo Seven Gestão